Este blogue destina-se à divulgação de actividades realizadas e informações de interesse à Comunidade Escolar.

03
Mai 07
Mãe, obrigada por aquilo que sou…
 
Mãe…
Se fui criança, foi graças ao teu seio materno;
Se fui adolescente, devo-o à tua capacidade de orientação;
Se hoje sou adulta, dou graças ao encaminhamento que me proporcionaste;
Se sou “Mulher”, foi por ter seguido os teus passos;
Se sou esposa, foi por não ter conseguido esquecer o ideal de família que tive;
Se hoje sou “Mãe”, foi por me ensinares a saber lutar e vencer;
 
Mãe, ser quem sou…
 
- Tirou-lhe muitas horas de sono;
- Exigiu-lhe muitos sacrifícios;
- Colocou-lhe numa responsabilidade dupla;
- Transformou-a no verdadeiro exemplo de “Mulher” e “Mãe”;
 
Mas… como compensação não te cansavas de dizer que o teu maior tesouro eram as tuas filhas, luz dos teus olhos.
 
Mãe, se hoje não te consigo esquecer, é porque és deveras inesquecível. 
Professora Elisabete Morgado (4º Ano)
publicado por minuto 90 às 21:47

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO